quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

MEUS PÊSAMES AO MEU AMIGO CARLINHO MONTENEGRO-PENDENCIAS PELO FALECIMENTO DE SE PAI, DEUS CONFORTE SUA FAMÍLIA.

Luto – Câmara Municipal de Pendências emite Nota de Pesar pela morte do ex-vereador Maninho

A Câmara Municipal de Pendências,  através do presidente Flaudivan Martins e em nome de todos os edis, emitiu  de Nota de Pesar, pela morte do ex-vereador João Batista da Fonseca Montenegro, conhecido popularmente como Maninho Felipe. Na nota, a Câmara reconheceu o trabalho de Maninho e diz que ele deixa um grande exemplo de civilidade.
Maninho é pai do empresário Carlos Montenegro que foi vereador por cinco mandatos e avô de Alexandre Montenegro (filho de Carlinhos) que foi eleito em 2016, e esta no seu primeiro mandato como vereador. O corpo de Maninho será sepultado na manhã desta quarta, no cemitério público de São João Batista.
camara3
facebooktwittergoogle_pluspinterest

GR TECLADOS - LEVE O MELHOR SHOW DA REGIÃO - FONE (84) 99620-7195 - EMAIL: gilmar_ferreira60@hotmail.com


Nova droga disfarçada de doce invadiu escolas do Brasil?


Uma mensagem que está sendo compartilhada pelo WhatsApp afirma que uma “nova droga” invadiu as escolas brasileiras.
Segundo o texto, a substância, chamada de “Strawberry Quick”, é “um tipo de metanfetamina de cristal que se parece com as balas pop [que explodem na boca] de morango”.

Garota morre após sofrer descarga elétrica em celular carregando na tomada.


Uma estudante de 17 anos morreu após sofrer descarga elétrica quando usava o aparelho celular que estava carregando na tomada. O caso aconteceu nesse domingo, 18, em Riacho Frio, no Piauí. De acordo com o portal G1, Luíza Fernanda Gama Pinheiro foi encontrada desacordada, deitada no chão e com fones do celular nos ouvidos.
Familiares da adolescente contaram que no momento da ocorrência não chovia, mas havia alguns relâmpagos. A adolescente foi levada a um posto de saúde da cidade, mas já chegou sem vida. O médico de plantão tentou reanimá-la, sem sucesso. Inconformados com a situação, os familiares decidiram levar a adolescente para o Hospital Regional de Corrente.
“Consta no prontuário de atendimento que a jovem deu entrada no hospital uma hora após a descarga elétrica. Os familiares contaram que a jovem tinha recebido um choque, mas a causa da morte ainda será confirmada”, afirmou a diretora do Hospital em Corrente, Lindaura Cavalcanti.
Fonte: O Povo

Mulher manda matar marido para se ‘livrar’ de agressões, vai ao velório e é presa


Marido de suspeita, Flordinaldo Kister, trabalhava como mecânico (Foto: Facebook/Reprodução)

Uma mulher foi presa por ter mandado matar o marido a tiros enquanto ele dormia na própria casa, em Buritis (RO), a mais de 300 quilômetros de Porto Velho. Segundo divulgou a Polícia Civil nesta sexta-feira (16), a esposa confessou o crime logo após ser retirada do velório do marido, um mecânico da prefeitura. Em depoimento, a suspeita de 35 anos disse que decidiu matar Flordinaldo Kister porque ela e o filho foram agredidos várias vezes pela vítima.

Ao G1, o delegado responsável pelo caso, Lucas Torres, contou que uma equipe começou a investigar o crime na última quarta-feira (14). Com o auxílio de algumas imagens de câmeras de segurança próximo à residência, os agentes observaram que apenas a esposa e o enteado da vítima, de 18 anos, tiveram acesso no local do crime, fato que levou a buscarem a mulher e o filho no velório do mecânico.

“Nós buscamos ela no velório da vítima. Levamos para a delegacia, apresentamos algumas provas que nós tínhamos e ela começou a entrar em contradição e não conseguiu apresentar uma versão para explicar as provas da polícia, que indicavam a participação dela. E aí ela acabou por confessar e disse que havia contratado uma pessoa pelo valor de R$ 6 mil para assassinar o marido”, relata o delegado.

De acordo com o delegado, a suspeita revelou que planejou o crime, pois o matrimônio dela era bastante turbulento, sendo que o marido a agredia constatemente.

“O marido tinha dito anteriormente que ela só ia ter paz no dia que ela matasse ele ou quando ele matasse ela. E então ela acabou ficando com medo, conheceu esse executor, o qual disse que ajudaria ela a se livrar desse problema. Em determinado dia, ela então o prometeu uma quantia em dinheiro e ele ficou de matar o marido dela, assim como fez”, explica Lucas Torres.

O filho da infratora, que é enteado da vítima, também foi preso e a Polícia Civil investiga se esse possui participação no crime, pois a mãe dele disse que a vítima batia constantemente no filho.

“Temos a suspeita de que o enteado da vítima conhecia o plano da mãe, pois as câmeras mostram ele entrando na residência mais de uma vez depois que a vítima já estava em óbito. Eles levaram muito tempo para acionar a PM e, provavelmente, ele tinha conhecimento do plano e estava auxiliando a mãe conforme o planejado. Como ele apanhava, possuía motivos em tese para o crime”, comenta Lucas.

Segundo a Polícia Civil, a mãe e o filho foram presos em flagrante e foram encaminhados para o Centro de Ressocialização Jonas Ferreti, em Buritis.

Os dois aguardam pelo término do inquérito presos, mas podem ser soltos pela Justiça após a audiência de custódia. A Polícia Civil realiza buscas para capturar o executor do crime e caso ele não seja encontrado, um mandado de prisão deve ser pedido no judiciário.

G1