domingo, 4 de dezembro de 2016

ACADÊMIA APOLLO - EM ATIVIDADES EM MACAU DE 2ª Á SÁBADO DAS 5H ÀS 22H. RUA TENENTE VICTOR





RAPIDINHAS 5 EM 1...

Corpo do jogador Gil, ídolo do Chapecoense, só chegará a Nova Cruz neste domingo

Está previsto para desembarcar somente às 13 horas deste domingo no aeroporto de São Gonçalo do Amarante, o corpo do meio-campista Gil, morto no acidente com o avião que transportava o Chapecoense para Medellin, na Colômbia.
Gil, um dos ídolos do time catarinense, é natural de Santo Antônio, mas por muitos anos viveu em Nova Cruz, onde mora a família.
O corpo do jogador seguirá do aeroporto direto para Nova Cruz onde será velado, inicialmente num momento íntimo, só pela família, e depois pela população da cidade.
Antes de ser enterrado, ainda neste domingo, o corpo de Gil percorrerá algumas ruas da cidade em um carro de bombeiros.
O governador Robinson Faria confirmou presença em Nova Cruz.

Movimentos pelo impeachment convocam primeiro ato nacional da era Temer

Os movimentos que foram às ruas pedir o impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff ao longo de todo o ano passado e parte deste ano estão de volta. Neste domingo (04), o Vem pra Rua, o Nas Ruas e o Movimento Brasil Livre (MBL) convocaram a primeira manifestação nacional da era Temer.
Na pauta, desta vez, estão o apoio à Lava Jato, a oposição às dez medidas contra a corrupção tal como foram aprovadas pela Câmara nesta semana, fim de privilégios como o foro privilegiado para políticos e a rejeição ao Projeto de Lei de Abuso de Autoridade, em tramitação no Senado. Se antes os grupos olhavam para o Planalto, agora, o foco é o Congresso, o que não livra o novo Governo de ficar em alerta na jornada.

Vaquejada e aborto opõem Igreja e Supremo Tribunal

Não convidem para a mesma mesa de jantar os ministros do STF e a cúpula da Igreja Católica. A decisão da Corte de permitir o aborto até o terceiro mês dividiu as duas das principais instituições brasileiras.
Conforme publicado na Tribuna Esplanada, em meio a uma campanha nas redes sociais contra a descriminalização da prática de aborto, Dom Odilo Scherer, o arcebispo de São Paulo, é irônico no Twitter: “A vaquejada é proibida, mas a morte de seres humanos até o terceiro mês é permitido”. E pergunta: “Que país é este???”.
Assim mesmo, com três pontos de interrogação. Em nota, a CNBB apela à Nossa Senhora para que “interceda pelos nasciturnos”. Na Câmara Federal, os evangélicos criaram uma comissão que promete confrontar os ministros. Alega-se que o Supremo resolveu legislar no lugar do Legislativo.

Medo de Temer se perder na crise política e econômica

IMG_0297Cresce no setor privado o temor de que Michel Temer não dê conta da crise política e econômica. Mesmo entre figurões do mercado financeiro, reduto que rendeu maior entusiasmo ao presidente até aqui, diz-se que o “inferno astral” está em curso. Os cálculos embutem o risco de Temer perder ministros próximos para a Lava Jato. “Ou Temer vira um Itamar Franco, ou vira um Sarney, ou uma Dilma. FHC não tem mais chance de ser”, resume a análise de uma influente corretora.
O mercado se divide sobre como o PSDB deve se comportar. Parte defende que a sigla entre de cabeça para tentar salvar o governo — há quem advogue por um tucano na Casa Civil caso o ministro Eliseu Padilha seja abatido pela Odebrecht.

Remédios para tratar hepatite C são incorporados ao SUS

O Ministério da Saúde vai incorporar ao Sistema Único de Saúde (SUS) quatro medicamentos para tratamento da hepatite C: ombitasvir, veruprevir, ritonavir e dasabuvir. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União(DOU) desta sexta-feira (2).
De acordo com o texto, os quatro remédios serão utilizados em casos de hepatite crônica causada pelo genótipo 1 em indivíduos com fibrose avançada e cirrose. A portaria entra em vigor nesta sexta.
A doença
A hepatite C é causada pelo vírus C (HCV), presente no sangue. Entre as causas de transmissão mais comuns estão a transfusão de sangue e o compartilhamento de material para uso de drogas (seringas, agulhas, cachimbos, entre outros), de higiene pessoal (lâminas de barbear e depilar, escovas de dente, alicates de unha ou outros objetos que furam ou cortam) ou para a confecção de tatuagem e colocação de piercings.

Robinson garante 13º e diz que no dia 6 de dezembro anunciará calendário de pagamento de novembro


Do governador Robinson Faria:

Pesquisadores detectam novos mecanismos ligados à memória de curto prazo


Lembrar a hora de um compromisso, o nome de um conhecido recente ou um endereço da loja visitada há poucos dias são exemplos de memória de curto prazo, também chamada de memória do trabalho. Acredita-se que essa recordação cotidiana seja mantida pelo cérebro apenas pela ativação de neurônios, mas estudo publicado na última edição da revista Science traz uma nova abordagem. Pesquisadores dos Estados Unidos descobriram que outras regiões cerebrais estão ligadas a esse tipo de recordação e que há, inclusive, a possibilidade de reavivá-lo por meio de estimulação magnética. Os achados, acreditam, poderão ajudar em tratamentos de problemas de saúde, como o Alzheimer.
O trabalho partiu de um experimento anterior em que a mesma equipe observou que a atividade dos neurônios durante a ativação da memória curta desaparecia. “Queríamos medir como a força de atividade de uma memória pode variar para que uma lembrança ocorra. Para a nossa surpresa, durante os experimentos, vimos que atividade da memória de trabalho não diminuiu apenas, ela desapareceu”, explica ao Correio Bradley Postle, um dos autores e pesquisador da Universidade de Wisconsin-Madinson. O trabalho contou com a participação de cientistas da Universidade de Notre Dame, também dos Estados Unidos.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

03-12-16 NO CLUBE DA PRAIA




ACADÊMIA APOLLO - EM ATIVIDADES EM MACAU DE 2ª Á SÁBADO DAS 5H ÀS 22H. RUA TENENTE VICTOR



Frase!



“Pensamos demasiadamente e sentimos muito pouco. Necessitamos mais de humildade que de máquinas. Mais de bondade e ternura que de inteligência. Sem isso, a vida se tornará violenta e tudo se perderá”.

Morre ex-diretora de Alcaçuz após problema cardíaco


Morreu nesta sexta-feira (02), a ex-diretora da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, Dinorá Simas. Agente penitenciária de carreira, ela havia sofrido aneurisma na artéria aorta na última terça-feira (29). Dinorá ficou em observação médica, mas não resistiu.